Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Posts / 7 Profecias maias

7 Profecias maias

Você já ouviu falar da civilização maia? Da arte maia? Da arquitetura maia? De suas incríveis construções? De seu fabuloso calendário? De usa astronomia? De seu sistema de escrita? De seus estádios? De sua matemática?

Maias

Uma civilização realmente interessante de ser estudada. Para conhece-la a fundo venha aqui .

A maioria dos assuntos citados você ouviu falar. Mas você já ouviu algo sobre as 7 profecias maias ?

 

7 profecias maias

Entre todos os legados maias, esse é o que mais me interessou.

Essas profecias falam de uma grande mudança no mundo em que vivemos. Vou enumerar todas as profecias de maneira bem sucinta:

  1. A primeira profecia diz que nosso atual ciclo, de ódio e materialismo, acabará em 2012, mais precisamente 22 de dezembro de 2012. Daqui a pouco, não é? A partir dessa data a humanidade ou escolhe evoluir e viver em harmonia com todo o universo, ou desaparecer do planeta.
    Este final de ciclo de 5125 anos encerra a 5ª civilização. Permite, assim, subirmos um degrau na nossa evolução da consciência e ser a 6ª civilização a ser iluminada pelo sol ou Kinich-Ahau, como eles chamavam.
    Se fala também no "tempo do não-tempo", o Katún. Um período de 20 anos que vai de 1992 à 2012. Um período de grandes mudanças, grandes aprendizagens.
  2. A segunda afirma que haverá um grande contraste nos padrões de comportamento humano. O céu e o inferno se manifestarão  ao mesmo tempo, o mundo de amor e o mundo do materialismo e egoísmo estarão presentes no nosso dia-a-dia.
    Nessa profecia os maias falam a respeito das grandes mudanças geológicas, sociais e humanas. É dito que ao final do Katún cada um terá seu próprio juízo, cada ser humano entrará o grande salão dos espelhos para analisar tudo o que fez na vida. Dessa maneira, todos seremos classificado pelas nossas qualidades e defeitos. Se a maioria da população tiver seu comportamento mudado será possível neutralizar as mudanças drásticas que serão descritas nas seguintes profecias.
  3. A profecia de número três fala sobre uma onde de calor que aumentará a temperatura do planeta provocando grandes mudanças climáticas, geológicas e sociais
  4. Segundo a profecia de número quatro, os maias afirmam que o aquecimento planetário, causado pela má contuta humana perante a Terra, causará o derretimento dos polos norte e sul.
  5. Na quinta profecia, é dito que todos os sistemas da nossa civilização baseados no medo se transformarão simultaneamente com o planeta e com o ser humano. Permite, dessa maneira, uma nova realidade de harmonia.
    Dentro desse grupo de sistemas estão também os sistemas religiosos baseados em um Deus que infunde medo. Surgirá um único caminho espiritual para toda a humanidade.
  6. A penúltima profecia diz que no final do 5º ciclo um cometa colocará em perigo a própria existência do humanidade.
    Um cometa, na civilização maia, era visto como um agente de mudança, um agente de equilíbrio, um agente que permiti a evolução da consciência coletiva.
  7. A sétima e última profecia fala do momento em que a luz emitida do centro da galáxia, o Runacku, sincroniza todos os seres vivos e permite a eles concordar voluntariamente, com uma transformação interna que produz novas realidades nas quais todas as pessoas possuem a oportunidade de mudar e romper suas limitações através do pensamento.
    Essa transformação dará nascimento a um novo ser na ordem galática. Um novo ciclo de muito mais paz e muito menos egoísmo no qual todas as relações serão baseadas na tolerância e na flexibilidade. Neste momento todos compreenderemos que somos parte de um único organismo. Prevalecerá uma visão mais humana, um mundo mais justo, mais equilibrado.

 

É interessante ler os mesmos assuntos de fontes diferentes e escritos com outra linguagem. Para mim, este é mais um caso. Deve ser a quarta ou quinta fonte sobre esse "final de tempos". Se você gosta da leitura espírita, aí vai uma dica: A Nova Era - Orientações Espirituais para o terceiro milênio de Roger Bottini Paranhos, editora Conhecimento.

Ações do documento

registrado em: ,
Passagens

"Tudo o que somos é resultado daquilo que pensamos."

Buda

:-:-:-:-:-:

 

"Se toda imperfeição é fonte de sofrimento, o Espírito deve sofrer não somente pelo mal que fez como pelo bem que deixou de fazer na vida terrestre."

Allan Kardec

 

:-:-:-:-:-:

 

"Tenhamos em mente que não somos o que os  outros pensam e, muitas vezes, nem mesmo o que pensamos ser. Mas somos, verdadeiramente, o que sentimos. Aliás, os sentimentos revelam nosso desempenho no passado, nossa atuação no presente e  nossa potencialidade no futuro."

Hammed