Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Posts / Estátua da Arara

Estátua da Arara

"A estátua é morta. É de madeira, pedra ou outro elemento qualquer. Não fala, não mexe, não esboça a menor reação. Inerte, apenas petrifica um esboço imperfeito de uma mente humana..."

A estátua é morta.
É de madeira, pedra ou outro elemento qualquer.
Não fala, não mexe, não esboça a menor reação.
Inerte, apenas petrifica um esboço imperfeito de uma mente humana.

A estátua vive.
Tem cores múltiplas.
Observa, convive, encara.
Sua natureza é presente.
Sua presença é sentida.
Seus sentidos afloram.
As flores da mata perfumam.

A poesia é certa.
A poesia é errada.
É falsa sem deixar de ser verdadeira.
A vida é de alegrias e tristezas mas nunca deixa de ser boa nem má.
É livre apenas o pensamento.
Este sim voa, cria e plasma.

Minha arara é azul.
Ela paira no céu, mas volta para minha mesa.
Não preciso nem falar, ela percebe, se comunica.
Nosso olhar as vezes traz tristeza.
Nossa tristeza as vezes nos traz alegria.
Ela vive, ela voa.
Ela me acompanha onde for.

O dia é assim, acontece dentro da sua mente.
A noite também.
O limite eu quem escolho.
As conquistas tem o tamanho dos meus sonhos.

Não tenho asas,
mas minha arara sim
e ela voa,
voa sem mim.

Quando volta,
traz o ar fresco das ideias,
a vontade do querer,
a confiança para crer.

Assim é minha arara azul.

Ações do documento

Passagens

"Tudo o que somos é resultado daquilo que pensamos."

Buda

:-:-:-:-:-:

 

"Se toda imperfeição é fonte de sofrimento, o Espírito deve sofrer não somente pelo mal que fez como pelo bem que deixou de fazer na vida terrestre."

Allan Kardec

 

:-:-:-:-:-:

 

"Tenhamos em mente que não somos o que os  outros pensam e, muitas vezes, nem mesmo o que pensamos ser. Mas somos, verdadeiramente, o que sentimos. Aliás, os sentimentos revelam nosso desempenho no passado, nossa atuação no presente e  nossa potencialidade no futuro."

Hammed