Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Posts / Lei da Igualdade

Lei da Igualdade

No Espiritismo, assim como em outras doutrinas ou filosofias, temos a Lei da Igualdade, porém no nosso dia-a-dia convivemos com grandes desigualdades em todos os sentidos possíveis.

Por isso podemos questionar: o que nesse mundo existe em igualdade? Onde está a igualdade? Desigualdade é igualdade?

Para entendermos esse princípio e respondermos essas questões é necessário ampliar a realidade observada. É necessário mudar para um ponto de vista mais espiritual e menos material. De onde viemos? Quando começamos a ser?

Trazer para a consciência as diversas reencarnações que existiram e existirão de cada ser nos ajuda a encontrar a Lei da Igualdade: a igualdade de oportunidades.

Passar pela experiência da riqueza e da pobreza, da sanidade e da loucura, do amor e do ódio, da abundância e da escassez, da saúde e da doença nos fornece os meios para crescermos e evoluirmos.

Não é possível todos sermos ricos ao mesmo tempo. A ideia da riqueza implica na existência da pobreza. Os opostos são lados da mesma moeda. Não existe luz sem a ideia da escuridão.

Nem todos fomos criados no mesmo instante, está aí outra razão. A diversidade de maturidades intelectuais e morais também é o resultado do tempo de vida de cada espírito.

E o livre arbítrio? Um escolhe trabalhar enquanto outro escolhe descansar. Não está aí também a razão?

Essa desigualdade aparente com a qual convivemos todos os dias não é o meio pela qual atua a Lei da Igualdade?

Ações do documento

Passagens

"Tudo o que somos é resultado daquilo que pensamos."

Buda

:-:-:-:-:-:

 

"Se toda imperfeição é fonte de sofrimento, o Espírito deve sofrer não somente pelo mal que fez como pelo bem que deixou de fazer na vida terrestre."

Allan Kardec

 

:-:-:-:-:-:

 

"Tenhamos em mente que não somos o que os  outros pensam e, muitas vezes, nem mesmo o que pensamos ser. Mas somos, verdadeiramente, o que sentimos. Aliás, os sentimentos revelam nosso desempenho no passado, nossa atuação no presente e  nossa potencialidade no futuro."

Hammed