Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Posts / Obsessão

Obsessão

A hora é chegada, proclamou nosso Mestre. nos avisando sobre as tormentas e crises que são inevitáveis para os corações ainda distantes das leis divinas.

Aqueles que seguem na seara de Jesus, aqui na Terra, são acompanhados por espíritos amigos que os protegem, os inspiram e lhe dão força para continuar na esfera do bem.

Já outros, grande maioria hoje encarnada, prefere a companhia de espíritos distantes da luz da razão e do amor. Abrem seu campo vibratório, sintonizam, conscientemente ou não, sem saber ao certo da colheita amarga que terão em tempo mais ou menos curto.

A obsessão é essa segunda companhia, quando já existe uma laço mais do que ocasional com o espírito perturbador. Os dois, obsessor e obsediado, praticamente vivem uma simbiose. Um alimenta o outro. Vivem entrelaçados.

Porém esse laço prejudica os dois. O encarnado caminha para o lado da ignorância espiritual, descartando oportunidades de plantar o bem. Aceita a influencia do obsessor e chega algumas vezes a ser comandado por ele. Nesse grau máximo, o obsediado não enxergá a realidade como a maioria das pessoas, isto é, viverá num mundo a parte. Se torna um louco em alguns casos, clinicamente um louco.

Em outros graus a obsessão causa mais ou menos prejuízo para o encarnado. Esse prejuízo pode ser uma tristeza que pode se tornar numa depressão. Pode vir a ser atitudes desumanas que podem se tornar agressões das mais diversas, tanto físicas quanto morais.

Ninguém que vive sobre a Terra está livre da obsessão quando deixa vagar seus pensamentos, sentimentos e emoções em estados negativos como a raiva, a tristeza, ciúme, inveja, entre muitas outras.

É devido ao homem sentir sim as mais diversas emoções que lhe são características, mas é vantajoso apenas se esses estados de espíritos são temporários e trocados para um estado de fraternidade e caridade. O amor em seu coração deve ser seu guia.

Sabemos de muitos casos de obsessão e sempre enxergamos um meio de voltar a sanidade espiritual. Basta esforço contínuo para vibrar numa dimensão de pensamentos, sentimentos e emoções mais elevada.

Você deve estar perguntando, e eu? Estou sendo obsediado nesse instante? A resposta é íntima e individual.

Quais são seus pensamentos mais frequentes? Quais são as emoções com que você vive diariamente? Quais sentimentos de brotam da alma normalmente?

Se essas respostas apontam para vibrações de baixo teor, saiba que sua porta para a obsessão está aberta.

Perceba quais são suas vibrações mais comuns, mesmo nas tarefas mais simples da vida. Se pergunte. Reflita. Pode parecer fácil, mas enxergar o orgulho e o egoísmo, causa de toda imperfeição e consequentemente de obsessão, dentro de nós é tarefa árdua e contínua.

Tente manter a boa sintonia. Tente ver o lado bom das situações. Tente ver o outro como um querido irmão de berço. Tente tratar os outros como você mesmo gostaria de ser tratado, está aí a maior lição.

Ações do documento

Passagens

"Tudo o que somos é resultado daquilo que pensamos."

Buda

:-:-:-:-:-:

 

"Se toda imperfeição é fonte de sofrimento, o Espírito deve sofrer não somente pelo mal que fez como pelo bem que deixou de fazer na vida terrestre."

Allan Kardec

 

:-:-:-:-:-:

 

"Tenhamos em mente que não somos o que os  outros pensam e, muitas vezes, nem mesmo o que pensamos ser. Mas somos, verdadeiramente, o que sentimos. Aliás, os sentimentos revelam nosso desempenho no passado, nossa atuação no presente e  nossa potencialidade no futuro."

Hammed